Doença Celíaca

Olá, pessoal!
Quero hoje, falar pra vocês um pouquinho sobre um "probleminha" que eu descobri que tenho há algum tempo e contar para vocês como é conviver com a doença celíaca.


O que é
Desordem sistêmica autoimune, desencadeada pela ingestão de glúten. É caracterizada pela inflamação crônica da mucosa do intestino delgado que pode resultar na atrofia das vilosidades intestinais, com conseqüente má absorção intestinal e suas manifestações clínicas. O glúten é uma proteína que está presente nos seguintes alimentos: trigo, aveia, centeio, cevada e malte.
A doença celíaca ocorre em pessoas com tendência genética à doença. Geralmente aparece na infância, nas crianças com idade entre 1 e 3 anos, mas pode surgir em qualquer idade, inclusive nas pessoas adultas.

Sintomas
 Diarréia crônica (que dura mais do que 30 dias)
 Prisão de ventre;

 Anemia;
 Falta de apetite;
 Vômitos;
 Emagrecimento / obesidade;
 Atraso no crescimento;
 Humor alterado: irritabilidade ou desânimo;
 Distensão abdominal (barriga inchada);
 Dor abdominal;
 Aftas de repetição;
 Osteoporose / osteopenia.


Como a doença celíaca é diagnosticada?

Os exames de sangue são muito utilizados na detecção da doença celíaca. Os exames do anticorpo anti-transglutaminase tecidular (AAT) e do anticorpo anti-endomísio (AAE) são altamente precisos e confiáveis, mas insuficientes para um diagnóstico. A doença celíaca deve ser confirmada encontrando-se certas mudanças nos vilos que revestem a parede do intestino delgado. Para ver essas mudanças, uma amostra de tecido do intestino delgado é colhida através de um procedimento chamado endoscopia com biópsia (Um instrumento flexível como uma sonda é inserido através da boca, passa pela garganta e pelo estômago, e chega ao intestino delgado para obter pequenas amostras de tecido).
Tratamento
O único tratamento é uma alimentação sem glúten por toda a vida. A pessoa que tem a doença celíaca nunca poderá consumir alimentos que contenham trigo, aveia, centeio, cevada e malte ou os seus derivados (farinha de trigo, pão, farinha de rosca, macarrão, bolachas, biscoitos, bolos e outros). A doença celíaca pode levar à morte se não for tratada.

Dermatite Herpertiforme
É uma variante da doença celíaca, onde a pessoa apresenta pequenas feridas ou bolhas na pele que coçam ( são sempre simetricas, aparecendo principalmente nos ombros, nádegas, cotovelos e joelhos). Também exige uma alimentação sem glúten por toda a vida.

Importante:
Atenção ao rótulo de produtos industrializados em geral. A lei federal nº 10674 , de 2003, determina que todas as empresas que produzem alimentos precisam INFORMAR obrigatoriamente em seus rótulos se aquele produto “CONTÉM GLÚTEN” ou “NÃO CONTÉM GLÚTEN” .
Qualquer quantidade de glúten, por mínima que seja, é prejudicial para o celíaco;
• Leia com atenção todos os rótulos ou embalagens de produtos industrializados e, em caso de dúvida, consulte o fabricante;
• Não use óleos onde foram fritos empanados com farinha de trigo ou farinha de rosca (feita de pão torrado);
• Não engrosse pudins, cremes ou molhos com farinha de trigo;
* Tenha cuidado com temperos e amaciantes de carnes industrializados, pois muitos contém glúten;
• Não utilize as farinhas proibidas para polvilhar assadeiras ou formas.
• Na escola, nunca separe a criança celíaca dos demais colegas na hora das refeições;
• O celíaco pode e deve fazer os mesmos exercícios que seus colegas;
• Existem celíacos que são diabéticos. Portanto, sua alimentação não deve conter glúten e nem açúcar;
• Existem celíacos que têm intolerância à lactose. Portanto, sua alimentação não deve conter glúten, nem leite de vaca e seus derivados.

Fonte: Fenacelbra

Agora que vocês já sabem como é a doença, quero contar um pouquinho da minha experiência.
Comecei a ter sintomas em 2009, todas as vezes em que comia algo diferente, tinha dores horríveis na barriga, diarréia, enxaqueca e vômito. Fui levando por mais ou menos 5 anos, quando em 2014 comecei a ter sangramentos graves. Um dia, não aguentava de dor e mal conseguia levantar da cama, foi quando comecei a procurar um médico.
Fiz vários exames, foram mais de 6 meses de exames inconclusivos, ou, os resultados não batiam com os sintomas mais graves. Foi descoberto que eu sou intolerante a lactose e possuo a SIR (Síndrome do Intestino Irritável), mas até essa conclusão, foram várias noites sem dormir, idas ao hospital, dores insuportáveis.
Decidimos eliminar da minha dieta o glúten também, foi quando eu fiz o primeiro teste para doença celíaca que deu negativo.
Perdi muito, muito peso, desenvolvi transtornos alimentares, sinceramente, foi a pior época da minha vida. Chorava muito pois até então, não tinha um diagnóstico certo, sangrava muito e não sabia o que estava acontecendo comigo. No total, foram 41kg perdidos.
Depois que inseri o glúten novamente na alimentação, os sintomas pioraram e refiz os exames e pra minha surpresa: todos POSITIVOS!
Desde então, não consumi mais glúten, claro que as vezes, sofro contaminação cruzada e quando isso acontece, fico mal, muito mal por vários dias, mas hoje, tenho uma resposta, já sei o que me causa os sintomas e faço o possível para conseguir viver normalmente.
Hoje, consigo conviver melhor com a doença, não vou mentir, dizer que é fácil, pois não é. Não é legal ver as pessoas comendo pizzas, lanches, podendo sair e comer o que quiserem, não é nem um pouco fácil; ter que levar sua própria comida nas festas, etc. Mas o pior de tudo, não é isso. O pior é a falta de compreensão das pessoas que pensam ser frescura, ou que não é nada, que só um pouquinho não vai fazer mal, pois faz, e muito.
É pensar que você vem sendo excluído ou que falam sobre sua doença como se fosse uma piada, mas só sabe o quanto é difícil quem tem a doença ou quem tem uma pessoa querida com a doença.
Hoje, encontro produtos com maior facilidade, devido ao aumento da procura por alimentos glúten-free. A minha pizza, meu lanche, aprendi a fazer em casa. Comer fora? Quase nunca e quando vou, já tenho os lugares de confiança que entendem meu problema e preparam meus pratos com todo o cuidado.
Mas também, tenho algumas coisas a agradecer por ser celíaca. Com a doença, passei a ser mais saudável, a entender e respeitar melhor as particularidades de cada um, descobri quem são meus verdadeiros amigos e quem realmente se importa com meu bem estar. Descobri que o carinho e o amor podem ser grandes remédios em casos como esse e descobri que posso sim, ser feliz apesar de minhas limitações!
Queria aproveitar esse post e agradecer ao apoio de todos que estiveram ao meu lado e que nada paga o amor e o carinho que vocês me deram no pior momento da minha vida.
Portanto, se você conhece alguém que possua algum tipo de intolerância, compreenda a pessoa e ajude-a a viver da melhor maneira possível, pois isso, é melhor que qualquer pizza, eu garanto!


60 comentários:

  1. Agora ha tanta gente com intolerância ao gluten -- e nao so, cada vez ha mais pessoas com intolerâncias alimentares-- que ja grande parte dos produtos ja tem explicitamente se sao ou nao gluten free. O que a meu ver é excelente. Felizmente nao tenho nada, por enquanto. Mas isso é uma coisa que aparece de um momento para o outro :/
    Beijinho ♥
    The-not-so-girlygirl.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Com certeza, infelizmente somos pegos de surpresa né! Mas hoje em dia existem muitos produtos glúten-free, mas ainda sinto falta da praticidade :(
      Muito obrigada pelo carinho linda!
      Beijos

      Excluir
  2. Nossa não conhecia essa doença, mas adorei saber! Mas afinal era realmente intolerancia a lactose? você é intolerante aos dois? eu sou intolerante a lactose e já é muito, muito ruim!
    Adorei teu post.
    bjuxx
    www.taayvargas.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Taay, fico muito feliz que tenha ajudado!!
      Tenho sim, os dois. É muito ruim né?! Você também sente muito a falta do queijo?
      Obrigada pela visita!!
      Beijos

      Excluir
  3. Gostei de saber mais acerca deste assunto. Obrigada por partilhares.
    Um beijinho
    elisaumarapariganormal.blogspot.com

    ResponderExcluir
  4. Eu sabia muito pouco sobre a doença e seus sintomas.
    Post muito útil.
    Não tenho a doença, mas o glutén me faz muito mal, pois eu tenho refluxo e quando como algo que tem glutén ele piora.

    Beijos

    www.camilatuan.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Camila, muito obrigada pelo carinho! Fico feliz que tenha gostado :)
      Sabe, meu marido sempre diz que quando ele não come também ele se sente melhor!
      Beijos

      Excluir
  5. Não deve ser fácil conviver com esse problema...

    Isabel Sá
    http://brilhos-da-moda.blogspot.pt

    ResponderExcluir
  6. Não deve ser fácil conviver com esse problema...

    Isabel Sá
    http://brilhos-da-moda.blogspot.pt

    ResponderExcluir
  7. Não é não, mas a gente acostuma!
    Obrigada pela visita!
    Beijos

    ResponderExcluir
  8. Postagem muito útil, não conhecia essa doença! Beijos!

    http://mechamadebella.blogspot.com.br/2016/01/lembrancas.html

    ResponderExcluir
  9. Nossa, não conhecia nada a respeito dessa doença 'O'. Muito útil a informação.
    Adorei o post <3
    Beijoo

    https://criativob.blogspot.com

    ResponderExcluir
  10. minha chefe tem a doença e sofre um pouco por nao poder comer gluten :/

    www.tofucolorido.com.br
    www.facebook.com/blogtofucolorido

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Siim, é bem difícil se adaptar né!
      Beijos

      Excluir
  11. Oi Carol,
    Eu tenho intolerância a lactose e sofro bastante com isso,
    deve ser difícil não poder comer gluten, mas calma, tente adaptar a sua alimentação ehehe
    Beijos, Pati.
    www.paticousseau.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Com certeza!! A lactose também faz bastante falta né! Você já tentou usar lactase? Eu uso de vez em quando!
      Beijos

      Excluir
  12. Adoro post's informativos e contando as experiências de vida.. esse post' com certeza vai ajudar muitas pessoas!!! http://www.blahoestraich.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigada pelo carinho, linda!
      Beijos

      Excluir
  13. Sofro de intolerância a lactose e não consigo me adaptar muito bem com isso.
    Com Glúten deve ser mais difícil ainda..

    www.garotaestelar.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Você já tentou usar a enzima lactase? Eu uso as vezes e quando é pouca lactose, ela funciona!
      Beijos

      Excluir
  14. Olá Carol! Tudo bom?
    Você foi levando a doença por 5anos e ainda mais 6meses para descobrir? Meu Deusss! Mas, que bom que descobriu e se adaptou, e realmente descobriu quem são seus amigos e quem importam com você. Nunca saberia a existência dessa doença até lê esse post. Continue assim. Acompanhando (:

    Beijos,
    www.16primaverasblog.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tudo sim e você?
      Fui sim, foi "o caos" na minha vida né! Mas ainda bem que hoje posso conviver melhor com isso!
      Muito obrigada pelo carinho e compreensão!
      Beijos

      Excluir
  15. Todas as doenças merecem respeito, porque sao uma doença causam sofrimento, e as pessoas precisam de amor e compreensao para amenizar o sofrimento.
    Viver com uma doença é viver um dia de cada vez, fazendo um esforço para ser sempre feliz.

    beijinho
    www.blogasbolinhasamarelas.blogspot.pt

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigada pelo apoio! Você disse tudo, todos merecem respeito e o mínimo de compreensão para com suas doenças né
      Obrigada!
      Beijos

      Excluir
  16. Que história hein moça, é muito dificil mesmo no começo e estar doente e sem saber do que se trata. Também tenho uma amiga que tem uma doença (a qual não lembro o nome) que também a impossibilita de comer várias coisas, mas ela falou como você, que ela consegue se alimentar melhor e se manter saudável. Entendo que não é fácil mesmo, mas espero que você melhore cada dia mais <3
    Beijos,
    versos-de-inverno.blogspot

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigada pelo carinho e compreensão! Sim, o lado bom é que você é obrigado a levar uma vida saudável e depois acaba gostando hehehe
      Obrigada pela visita!!
      Beijos

      Excluir
  17. Nossa esse post é realmente muito interessante. Não sabia dessas informações e adorei conhecer um pouco mais sobre isso. A informação é muito importante !
    Beijos,
    #fiquerosa

    Fique Rosa | Meu Canal YT

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigada, linda. Fico muito feliz que tenha se interessado pelo assunto e que eu tenha ajudado de alguma forma a conhecer um pouquinho mais da doença!
      Beijos

      Excluir
  18. Eu sabia que tinha essa doença,mas não conhecia "a fundo",interessante,eu não tenho nenhuma intolerância,mas só de imaginar como deve ser,tem que se cuidar sempre!!
    Muitos beijos e abraços!!
    http://ummimoso.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tem sim, não pode dar bobeira hehehe
      Obrigada pelo carinho!
      Beijos

      Excluir
  19. Nossa que interessante O.O
    Não sabia de metade dos sintomas. Post ótimo!

    http://meubaudeestrelas.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigada Jacque, fico feliz que tenha gostado!
      beijos

      Excluir
  20. MY little cousin is celiac and she can't eat a lots of food :(
    Great and interesting post dear, cause this food intolerance is not so known!
    xoxo
    www.milleunrossetto.blogspot.it

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Thank you so much. Yes, it`s a disease that is more common that people think but they don`t know that!
      Xoxo

      Excluir
  21. No meu trabalho tem um cara que tem, e no início o pessoal achava que era zueira, depois que ele explicou o que era e fomos entender um pouco mais sobre a doença.

    Beijos, Love is Colorful

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É complicado pois no início ninguém acredita né hehehe
      Obrigada pela visita!!
      beijos

      Excluir
  22. Ainda não conhecia sobre a doença, mas gostei muito de ter aprendido, beijos!
    http://garotadelicada20.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigada pela visita! Fico muito feliz que tenha ajudado a conhecer um pouco mais sobre meu mundo hehehe
      Beijos

      Excluir
  23. Não conhecia essa doença, recentemente minha mãe descobriu que é diabética e tem sido bem difícil para nós, porque minha mãe não se cuida!
    Ela come de tudo, come exageradamente, não faz atividade física.
    Eu e meu pai estamos pensando em como ajudar ela. :/

    http://www.youngblood.blog.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Levem ela em um psicólogo Giselle, talvez isso ajude!
      No começo foi difícil eu aceitar também, só consegui quando meus familiares me deram apoio!
      Torço muito para que vocês consigam!
      Beijos

      Excluir
  24. Muito obrigado querida. Tens mesmo de experimentar :)

    A sério?1 Mas acho estranho porque não apareces na minha box de seguidores :/

    Infelizmente conheço muita gente assim, com esta doença! É tudo uma questão de nova readptação à vida. Acho muito útil falar-se abertamente sobre isto tal como eu já falei acerca da minha anorexia!

    NEW REVIEW POST | Vogue Power Bank
    InstagramFacebook Oficial PageMiguel Gouveia / Blog Pieces Of Me :D

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Dá uma olhadinha lá, tá como Caarol. A foto é um pouco antiga, mas é que eu não consegui trocar :(

      Com certeza! Tudo é readaptação mesmo!!
      Você também falou sobre a anorexia? Vou lá procurar!
      Estou em tratamento de anorexia há quase 1 ano, que doença mais dificil né!
      Obrigada pelo carinho!!

      Excluir
  25. Não conhecia essa doença, mas achei seu post excelente!
    Que bom que hoje consegue lidar com isso!

    Beijo!

    ResponderExcluir
  26. Nossa, que chato isso!
    A priori deve ser bem difícil uma dieta sem glúten né?
    Praticamente tudo tem ele...
    Beijos,
    Julie | http://www.juliechagas.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Com certeza, até coisas que nunca imaginamos hehehe
      Obrigada pela visita!
      Beijos

      Excluir
  27. Muito importante você fazer esse post pra alertar outras pessoas sobre a doença também flor, muita gente não conhece!
    beijos, ♥

    dicasdagabibrito.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada pelo carinho, Gabi!
      Sim, com certeza! Eu mesma não conhecia antes do diagnóstico!
      Beijos

      Excluir
  28. Bem esclarecedor o post!! Realmente, acho que uma das coisas mais chatas é a falta de compreensão das pessoas, achando que é frescura e não tratando como uma situação séria. Ainda bem que as coisas estão mudando e restaurantes tem se conscientizado a respeito, criando pratos gluten-free, lactose-free... acho que a tendencia é aumentar as opções! Tomara. Beeeijos, Ja fomos legais

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tomara né hehehehehe.
      É isso mesmo, a falta de compreensão acho que é a parte que mais dói sabe, a doença em si a gente se acostuma.
      Obrigada pela visita!!
      Beijos

      Excluir
  29. Nossa, quase não conhecia sobre a doença mas sempre imaginei que uma vida sem gluten é muito dificil. Tem em praticamente tudo, né?

    Imagino que essa fase fitness que pegou quase todo mundo, talvez tenha facilitado um pouquinho pra você né?

    As pessoas tem uma certa dificuldade em entender algo que não se passa com elas, né? Mas pelo menos, é como você disse: aprendeu quem são seus amigos de verdade e quem te apoia nas dificuldades.
    Acho que cada vez mais você (e as pessoas também) vai se acostumando com a doença, no sentido de aprender a lidar da melhor forma possível.

    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Com certeza Jessica, é muito difícil pois até coisas que a gente nem imagina, contém glúten.
      Essa fase fitness agora tem seu lado bom e ruim hehehehe bom pois aumentou a variedade de produtos, porém, a maioria das pessoas pensa que eu faço dieta hahahahaha
      Mas é assim mesmo, tudo tem seus dois lados né, até a doença em si tem seu lado bom!
      Muito obrigada pelo carinho, linda!!
      Beijos

      Excluir
  30. Great post dear!
    Emma
    www.emmalovesfashion.com

    ResponderExcluir
  31. Parabéns pelo post Carol!!! Saber que vc vai vencendo a vida e vivendo-a de maneira saudável me deixa feliz!!! Vc é guerreira e sabe disso... Para cada peça que a vida nos prega, uma nova oportunidade de aprender surge... Só não aprende quem não quer!!! Força!!! ����

    ResponderExcluir